Pages Menu

Notícias recentes

Balança comercial: segunda semana de janeiro tem superávit de US$ 1,766 bilhão

No mês, saldo do comércio exterior do país já é positivo em US$ 3,611 bilhões

Na segunda semana de janeiro, a balança comercial brasileira teve saldo positivo de US$ 1,766 bilhão. Este foi o resultado das exportações no valor de US$ 5,406 bilhões, menos as importações registradas no período, que foram de US$ 3,640 bilhões. No mês, as vendas externas somam US$ 9,224 bilhões e as compras no exterior chegam a US$ 5,613 bilhões, com saldo positivo de US$ 3,611 bilhões.

A média das exportações da segunda semana chegou a US$ 1,081 bilhão, o que representa 15,1% menos que a média de US$ 1,273 da primeira semana, em razão da queda nas exportações de produtos básicos (-45,2%, por conta de petróleo em bruto, minério de ferro, farelo de soja, minério de cobre, carnes de frango e bovina, fumo em folhas) e de semimanufaturados (-23,7%, em razão de ferro-ligas, celulose, ouro em formas semimanufaturadas, produtos semimanufaturados de ferro ou aço, catodos de cobre, açúcar em bruto).

Leia mais

Cafeicultores querem acordo com UE para expandir mercado

Países europeus cobram tarifa de 9% do produto brasileiro
a
Produtores e exportadores brasileiros de café esperam que o novo governo atue para concluir o acordo comercial entre o Mercosul e a União Europeia (UE). Conforme os termos estabelecidos nas negociações até o fim do ano passado, as partes deixarão de cobrar tarifas para o café solúvel em até quatro anos após a assinatura do tratado.

Atualmente, a tarifa cobrada pela União Europeia é de 9%. A taxação favorece o principal concorrente brasileiro, a Colômbia, que exporta para 28 países sem os mesmos custos aduaneiros.

Leia mais

Bolsonaro confirma Vilalva na presidência da Apex

Após a crise gerada pela demissão de Alecxandro Carreiro da presidência da Apex, o Palácio do Planalto confirmou na noite desta quinta-feira, que o embaixador Mário Vilalva vai comandar o órgão; ele foi indicado pelo chanceler Ernesto Araújo; Jair Bolsonaro se reuniu com Vilalva

Leia mais

Porto de Santos fecha o ano com recorde de movimentação de carga

O Porto de Santos fechou o ano de 2018 com recorde na movimentação de cargas, atingindo 131,5 milhões de toneladas, um aumento de 1,3% sobre o ano anterior, quando o volume ficou em 129,8 milhões de toneladas. O resultado consta de balanço inicial feito pela Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), autoridade portuária e administradora do complexo portuário santista.

A soja destacou-se como a carga de maior volume movimentado e bateu recorde anual: 20,3 milhões toneladas, um crescimento de 23% sobre a maior marca anterior estabelecida, em 2017.

Leia mais

Brasil bate recorde mundial de exportação de carne bovina

País exportou 1,64 milhão de toneladas no ano passado. Segundo a Abiec, o volume é o maior já embarcado entre todos os países exportadores.

O volume de carne bovina exportada pelo Brasil ao longo de 2018 foi recorde histórico, informou a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec) nesta segunda-feira (07). O total embarcado foi de 1,64 milhão de toneladas, o que representou um crescimento de 11% sobre 2017, ultrapassando previsão feita pela entidade em dezembro.

Segundo a Abiec, o recorde consolida a posição do País como principal exportador mundial do produto. Isso porque, segundo a associação, este é o maior volume já exportado entre todos os países exportadores. Nos últimos dois anos as exportações vêm crescendo numa média de 10% ao ano em volume e faturamento.

Leia mais

Balança comercial tem superávit de US$ 1,887 bilhão

Houve crescimento de 66,2% nas exportações em relação à primeira semana de janeiro do ano passado

A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 1,887 bilhão na primeira semana de janeiro de 2019 que teve três dias úteis. O saldo é resultado de exportações no valor de US$ 3,860 bilhões e importações de US$ 1,973 bilhões.

Nas exportações, comparadas as médias da primeira semana de janeiro de 2019 (US$ 1,287 bilhão) com a de janeiro de 2018 (US$ 774 milhões), houve crescimento de 66,2%, em razão do aumento nas vendas das três categorias de produtos: básicos (110,8%, principalmente petróleo em bruto, minério de ferro, farelo de soja, soja em grãos, milho em grãos); semimanufaturados (54,8%, em especial semimanufaturados de ferro/aço, celulose, ferro-ligas, ouro em formas semimanufaturadas, catodos de cobre) e manufaturados (30,4%, principalmente laminados planos de ferro ou aço, aviões, óxidos e hidróxidos de alumínio, gasolina, veículos de carga).

Leia mais

Exportações de carne de frango alcançam 4,1 milhões de toneladas em 2018

As exportações brasileiras de carne de frango alcançaram 4,100 milhões de toneladas em 2018, informa a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

Graças à média mensal de embarques de 377,3 mil toneladas no segundo semestre – o melhor desempenho dos últimos três anos – o setor reduziu perdas acumuladas nos seis primeiros meses de 2018 (-13,4% em relação ao 1° semestre de 2017) e encerrou o ano com resultado 5,1% menor em relação às 4,320 milhões de toneladas exportadas em 2017.

Parte deste desempenho decorre do saldo positivo obtido pelo setor em dezembro. Confirmando previsões feitas pela ABPA, as exportações realizadas no último mês de 2018 alcançaram 352,8 mil toneladas, volume 9,9% superior às 321,1 mil toneladas embarcadas no mesmo período de 2017.

Leia mais

Exportações em 2018 alcançam o maior valor dos últimos 5 anos

Exportações somaram US$ 239,5 bilhões e importações US$ 181,2 bilhões. Fluxo de comércio cresceu 13,7% no ano e chegou a US$ 420,7 bilhões

A corrente de comércio brasileira, que é a soma das exportações e importações, cresceu 13,7% em 2018. As exportações alcançaram US$ 239,5 bilhões enquanto as importações registraram US$ 181,2 bilhões. O saldo comercial, que é a diferença entre as duas operações, ficou em US$ 58,3 bilhões, segundo melhor desempenho registrado desde 1989. Os dados foram publicados hoje pelo Ministério da Economia, órgão que seguirá com a divulgação periódica das estatísticas oficiais do comércio exterior brasileiro.

No ano de 2018, as exportações cresceram 9,6% e registraram a maior cifra dos últimos cinco anos. As importações aumentaram 19,7% e atingiram o maior valor desde 2014. A corrente de comércio foi de US$ 420,7 bilhões, superando em US$ 52 bilhões o resultado de 2017 e atingindo o maior valor desde 2014, quando somou US$ 454 bilhões.

Leia mais

Secretário especial de Comércio Exterior define equipe

O futuro secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia, Marcos Troyjo, definiu a sua equipe.
[

Yana Dumaresq será a Secretária Especial Adjunta de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais. Exerceu o cargo de secretária-executiva do Ministério da Indústria, Comercio Exterior e Serviços, incorporado ao Ministério da Economia do governo Bolsonaro. Anteriormente, ocupou a função de diretora adjunta para América Latina no Fórum Econômico Mundial, em Genebra. Servidora pública da carreira de analista de Comércio Exterior, é mestre em Comércio Internacional pela University of Cambridge e, também, mestre em Gestão e Liderança Corporativa, pelo consórcio universitário Global Leadership Programme. É bacharel em Relações Internacionais pela Universidade de Brasília (UnB).

Lucas Ferraz chefiará a Secretaria de Comércio Exterior (SECEX). Engenheiro e mestre em Engenharia pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), com doutorado em Economia pela Escola Brasileira de Economia e Finanças da Fundação Getulio Vargas (FGV-EPGE), Ferraz é professor da Escola de Economia de São Paulo da FGV há mais de 10 anos. É coordenador do Centro de Estudos do Comércio Global e Investimentos da FGV, além de membro fundador da Cátedra Brasileira da Organização Mundial do Comércio (OMC).

Leia mais

Canal Brazil Export

Outros
  • Fruit Attraction 2016
  • Viernes 17 de Octubre
  • Jueves 16 de Outubro
  • Miércoles 15 de Outubro