Pages Menu

Notícias recentes

Francal começa com 500 expositores de calçados e acessórios

Com um formato de abertura oficial diferente dos anos anteriores com um bate-papo entre empresários e líderes setoriais mediado pela apresentadora Marina Person, a 48ª edição da Francal iniciou neste domingo (27) e segue até o dia 29, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo/SP. Com cerca de 500 expositores de marcas de calçados e acessórios, a feira é responsável pelo lançamento das coleções da temporada primavera-verão.

Na oportunidade, o presidente da Francal Feiras, Abdala Jamil Abdala, destacou que a mostra consagra o momento de retomada da confiança na sociedade brasileira. “Temos certeza de que, depois de um primeiro semestre difícil, de incertezas na economia e na política, teremos uma segunda parte do ano positiva”, projetou Abdala.

Leia mais

Brasil se prepara para exportar melão e outras frutas para o Japão

O Ministério da Agricultura, Florestas e Pescas (MAFF) do Japão atualizou a norma que possibilitará ao Brasil exportar melão, caqui, frutas cítricas e novas variedades de manga para aquele país. O adido agrícola no Japão, Marcelo Mota, recebeu carta das autoridades fitossanitárias nipônicas informando sobre a necessidade de se apresentar o plano de trabalho sobre os procedimentos oficiais e de responsabilidade dos exportadores. O documento deve ter informações sobre o controle de pragas, incluindo a gestão de risco para algumas espécies de mosca-das-frutas.

Segundo a Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio (SRI) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), o plano de trabalho deverá ser enviado ao Japão o mais breve possível para que em novembro – quando a norma entra em vigor – as garantias fitossanitárias estejam acordadas e os produtores brasileiros possam exportar as frutas.

Leia mais

Políticas econômicas de longo prazo para promover o crescimento do Brasil e tornar um país socialmente justo

Shotoku Yamamoto *

O vetor do crescimento de um país não pode, em hipótese nenhuma, ser a indústria de bens de consumo, duráveis ou semiduráveis. O Brasil errou ao implantar a indústria de veículos leves na década de 50 para promover o crescimento da renda da população, sem dispor de tecnologia e indústria de base. A implantação da indústria de bens de consumo duráveis deve ser resultado ou consequência do enriquecimento da população, por meio da agregação de valores aos recursos naturais próprios ou adquiridos de terceiros, que passe a demandar tais bens e comece a importá-los e prejudicar o saldo da balança comercial.

A título de esclarecimento, temos o exemplo do Japão que, antes de se tornar um dos maiores fabricantes de veículos, foi o maior fabricante mundial de aços e o maior fabricante de navios de grande calado, criou tecnologias próprias para produzir matérias-primas para alimentar a indústria japonesa, sem dispor de recursos naturais próprios. Ainda hoje, é o segundo maior produtor mundial de aços, só perdendo para a China.

Portanto, devemos promover a reindustrialização do Brasil com foco na transformação de recursos naturais disponíveis em matérias-primas e produtos acabados de alto valor agregado para os mercados, interno e externo. Para tanto, temos que investir pesadamente na educação científica, para tornar o país independente de tecnologias estrangeiras e criar empresas genuinamente brasileiras, produtoras de bens de alto valor agregado. Por conta da falta desta política e visão de longo prazo, o Brasil não possui nenhuma marca, genuinamente brasileira, de produtos de alto valor agregado. A única exceção é a Embraer porque contou com o CTA e o ITA.

Leia mais

Francal, a Feira do Verão Brasileiro, começa neste domingo

Feira do Verão Brasileiro, a FRANCAL 2016 oferece, a partir deste domingo, dia 26, uma nova experiência de evento de negócios a toda a cadeia coureiro calçadista. Conectividade, inspiração, inovação, muito conteúdo e lançamentos de centenas de marcas de calçados e acessórios de moda são algumas das novidades.

A proposta faz parte de um processo de constante modernização para acompanhar o dinamismo da moda, a revolução do mundo digital e as tendências de comportamento. Veja as principais atrações desta edição:

Leia mais

Blairo Maggi destaca prioridades do Mapa em comissão do Senado

Durante mais de três horas, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, apresentou aos integrantes da Comissão de Agricultura e Reforma Agrária do Senado as prioridades da pasta. A desburocratização e a ampliação do mercado externo foram os principais pontos destacados pelo ministro.

Maggi também falou sobre a proposta de taxação das exportações agrícolas para o financiamento da Previdência Social. Ele manifestou surpresa com as informações veiculadas pela imprensa. “Nós tivemos uma reunião com o presidente Michel Temer e a equipe econômica e esse assunto não foi tratado.”

O ministro adiantou que será contra a proposta, que considera “um abraço de afogado”. “Vou lutar até o final, mas se o presidente Temer disser que é uma decisão de governo não tem mais o que fazer”. Os produtores, na avaliação de Maggi, terão perdas financeiras e de competitividade.

Leia mais

DB Schenker é certificada no Programa OEA

A DB Schenker obteve a certificação OEA-S (Operador Econômico Autorizado Seguro) garantido pela Receita Federal do Brasil. OEA (ou AEO – Authorized Economic Operator) é um programa de certificação global que reconhece operadores logísticos que atendem aos níveis de conformidade e confiabilidade do Programa.

Com a certificação, garantida no último dia 20/4/16, a DB Schenker estreita sua relação com a Receita Federal, facilitando os procedimentos aduaneiros e tornando os processos mais rápidos.

“A Receita confiará que nossas cargas são seguras e nossas operações tendem a ser realizadas com maior celeridade e menor número de canais de conferência. Para o cliente isso se traduz em operações mais rápidas, mais eficientes e, consequentemente, com menor custo, o que traz uma grande vantagem competitiva para a DB Schenker.”, complementa Ana Lima, Diretora Jurídica da DB Schenker Brasil.

Leia mais

Importações voltam a registrar crescimento no Porto de Santos após 14 meses

O Porto de Santos voltou a registrar, após 14 meses, crescimento nas importações, com 2,8% de aumento em relação a maio do ano passado. A movimentação de mercadorias no mês também foi recorde, mantendo a tendência registrada em todo este ano.

As importações não apontavam crescimento desde março/2015, quando houve acréscimo de 3,3% sobre o ano anterior. Neste mês de maio, foi registrado o número de 2,81 milhões de toneladas desembarcadas, um aumento de 2,8% em relação ao mesmo mês do ano passado (2,74 milhões de toneladas).   O produto com maior participação é o adubo, com 321,8 mil toneladas movimentadas, um crescimento de 62,1% em relação a maio do ano passado. O enxofre é a 2ª mercadoria em movimentação, com 173,2 mil toneladas (aumento de 15,3%).  O 3º no ranking é o sal, com 142,4 mil toneladas, aumento de 77,6%.

Nas exportações, o Porto de Santos também registra recorde: 7,57 milhões de toneladas. É a maior movimentação de cargas exportadas não somente em relação aos meses de maio, mas de todos os meses de 1º semestre.

Leia mais

Weber Haus conquista Medalha de Prata na Expocachaça

Extra Premium 6 anos elaborada pelo alambique gaúcho foi destaque na maior e mais tradicional feira de cachaças do Brasil, em Minas Gerais

A gaúcha Weber Haus conquistou mais uma medalha para o seu hall de premiações. A sua cachaça Extra Premium 6 anos levou Medalha de Prata na categoria Extra Premium, durante concurso realizado na Expocachaça 2016. A cachaçaria gaúcha de Ivoti, na Rota Romântica, concorreu com bebidas participantes do evento de todas as regiões do país. A exposição, ocorrida entre os dias 9 e 12 de junho, no Expominas, em Belo Horizonte, reuniu experts, curiosos e apreciadores da bebida símbolo do Brasil.

Cachaça envelhecida durante seis anos, sendo cinco anos em barris de Carvalho Francês e um ano em Bálsamo, a Extra Premium é um dos produtos de destaque da Cachaçaria Weber Haus, acumulando premiações nacionais e internacionais. “Mais essa conquista reconhece todo o nosso trabalho em desenvolver produtos de excelência e que agradem o paladar de brasileiros e estrangeiros”, destaca o diretor Evandro Weber.

Leia mais

Francal 2016 terá desfiles em espaço com conceito inovador

Entre as muitas ações que a FRANCAL 2016 preparou para surpreender o mercado, de 26 a 29 de junho, no Anhembi, está a Arena Verão Francal, palco dos grandes acontecimentos do evento.
Um deles incorpora uma dinâmica fusão de desfile e mostra de lançamentos. Os elementos se fundem numa instalação cenográfica para exibir um novo olhar da moda em movimento, com muito estilo, tendência e inspiração em situações do dia a dia, onde a estrela são os calçados e acessórios.

Os desfiles acontecem nos dias 27 e 28, em dois horários: 14h30 e 16h30. A passarela representa quatro momentos do cotidiano urbano, com looks e calçados selecionados de acordo com cada um deles.

O primeiro cenário é o das grandes metrópoles, personificado por duas escadarias espelhadas no meio da passarela. O próximo cenário, batizado de Abbey Road, numa alusão ao álbum dos Beatles, traz uma faixa de pedestres. Ele não só reflete o contexto street/urbano da moda, como também faz a ligação entre os dois outros temas: Garden, um parque, que remete ao universo esportivo fashion, e Balada, com ambientação fiel a uma pista de dança e DJ.

Leia mais

Canal Brazil Export

Outros
  • Viernes 17 de Octubre
  • Jueves 16 de Outubro
  • Miércoles 15 de Outubro
  • Entrevista em vídeo: Adbala Jamil Abdala (Francal Feiras)