Pages Menu

Notícias recentes

Mapa revisa normas de inspeção para restabelecer exportações de carne bovina in natura aos EUA

Ministro Blairo Maggi diz que viajará ao país, com equipe técnica, para debater fim do embargo ao produto brasileiro

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) está revisando as normas de inspeção em frigoríficos para atender as exigências dos Estados Unidos, que nesta quinta-feira (22) suspenderam temporariamente a importação de carne in natura do Brasil em razão de presença de abcessos em alguns cortes, disse o ministro Blairo Maggi. “Vamos ter uma metodologia de inspeção ainda mais rigorosa.” Maggi informou que viajará aos EUA, assim que a nova instrução normativa (IN) sobre o assunto estiver pronta, para negociar a fim do embargo ao produto brasileiro.

“Quando os americanos receberem as informações do Brasil, vou até os Estados Unidos, com uma equipe do Mapa, para fazer as discussões necessárias para restabelecer as importações de carne in natura para esse mercado tão importante que conquistamos nos últimos anos”, acrescentou o ministro. Maggi enfatizou que o Brasil lutará para retomar a venda de carne fresca ao país, por ser um mercado muito importante.

Leia mais

Assinatura de atos bilaterais reforça relação entre Brasil e Rússia

A assinatura de cinco atos por autoridades brasileiras e russas, além de uma declaração chancelada pelos presidentes dos dois países, reforça a relação bilateral nas áreas do comércio exterior e da política externa.

Nesta quarta-feira (21), os presidentes do Brasil, Michel Temer, e da Rússia, Vladimir Putin, reafirmaram o compromisso dos dois governos com a parceria comercial e diplomática, abrindo novas oportunidades de negócios bilaterais.

“Assinamos acordos de facilitação de comércio e investimentos, de aprofundamento do diálogo político e renovamos uma parceria efetivamente estratégica”, afirmou Temer, lembrando que ambos os países passam por situações de retomada econômica similares.

Com a redução da inflação por conta das medidas tomadas pelos dois governos, foi possível, por exemplo, aumentar o saldo comercial neste ano. A parceria comercial movimentou US$ 4,3 bilhões no ano passado. E registrou aumento de 40% nos primeiros meses de 2017.

“Ainda há espaço para mais. Conheço bem as relações do Brasil com a Rússia, sei do que somos capazes juntos e estou certo de que, hoje, demos um passo importante rumo a esse futuro”, garantiu.

Leia mais

Apex-Brasil leva 23 empresas para Summer Fancy, maior feira gourmetmdos EUA

Com o objetivo de incrementar a participação brasileira no mercado de alimentos e bebidas gourmet e especiais norte-americano, a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) está organizando a participação de 23 empresas brasileiras na feira Summer Fancy Food, que ocorre em Nova York, de 25 a 27 de junho.

Em sua 63ª edição, a feira é considerada a maior e mais importante para o segmento nos Estados Unidos, contando com mais de 2,5 mil expositores de 55 países e cerca de 47 mil visitantes profissionais.

“Participar deste evento é uma forma de acessar o mercado norte-americano de ‘specialty foods’, o que inclui as categorias gourmet, exóticos ou regionais, saudáveis, funcionais e, ainda, temperos e especiarias”, comenta Fernando Spohr, gerente de operações do escritório América do Norte da Apex-Brasil.

Leia mais

Reuniões bilaterais em Moscou vão fortalecer indústria brasileira de calçados

Rússia é uma das principais importadoras de calçados brasileiros. Entre janeiro e maio deste ano, o Brasil exportou mais de US$ 4 milhões em calçados para os russos

Temer participa de reuniões com autoridades e empresários russos

Assim que chegou à Rússia na manhã desta terça-feira (20), o presidente da República, Michel Temer, participou de uma série de reuniões com autoridades e empresários russos. Nas conversas entre hoje e amanhã (21), um dos tópicos de conversa será a exportação de calçados.

Entre janeiro e maio deste ano, o Brasil exportou mais de US$ 4 milhões em calçados para os russos. No início deste mês, a 5ª Missão Comercial Russa reuniu 34 marcas brasileiras de calçados em Moscou e resultou em quase 300 contatos com potenciais compradores internacionais, com expectativa de geração de mais US$ 4,12 milhões em negócios.

“A Rússia é um mercado tradicional comprador de calçados brasileiros, já trabalha com o Brasil há bastante tempo”, disse a gestora de projetos da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), Roberta Ramos.

Leia mais

Com reformas e melhora na economia, investir no Brasil é ganhar, diz Temer

Presidente participou do encerramento de seminário de investidores

Durante participação nesta terça-feira (20) no Seminário de Captação de Investimentos Russos no Brasil, em Moscou, o presidente da República, Michel Temer, afirmou que o governo criou um ambiente favorável para investimentos, com segurança jurídica, racionalidade econômica e qualidade dos serviços a serem oferecidos.

“Investir no Brasil é ganhar. Quem quiser ganhar hoje, investe no Brasil”, disse o presidente. Ao citar os primeiros leilões para concessão de rodovias, aeroportos e exploração de petróleo e minérios, Temer vê os resultados obtidos até o momento como “sinal de credibilidade e confiança” no governo brasileiro.

Para o presidente, investir hoje no Brasil é apostar em uma das maiores economias do mundo, que possui um grande mercado consumidor, parque industrial diversificado e recursos naturais vastos. “Quando nós vamos atrás dos investimentos, sejam nacionais ou estrangeiros, o que nós temos como objetivo é exata e precisamente o combate ao desemprego”, garantiu.

Leia mais

Aprovação de crédito do BNDES para compra de máquinas e equipamentos sobe 59% em maio

A aprovação de crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para a aquisição de máquinas e equipamentos acelerou em maio, resultando numa alta acumulada de 42% nos cinco primeiros meses deste ano em comparação com o mesmo período de 2016.
Entre janeiro e maio, o BNDES aprovou mais de 29.700 operações da Finame, linha de financiamento de bens de capital, somando R$ 8,9 bilhões. Apenas em maio foram aprovados R$ 2,2 bilhões nesta linha, expansão de 59% na comparação com o mesmo mês do ano passado.

Os desembolsos da Finame registraram em maio a primeira alta na comparação com o mesmo mês do ano anterior desde setembro de 2014. Foi liberado R$ 1,5 bilhão no mês passado, 11% acima do registrado em maio de 2016.
Os números confirmam sinais de recuperação da economia, como o crescimento de 1% do PIB no primeiro trimestre de 2017, registrado pelo IBGE, e a redução dos juros pelo Banco Central com a inflação baixa, que favorecem decisões de investimento.

Leia mais

Na Rússia, Marcos Pereira afirma que Brasil avança na reformulação de seus pilares econômicos

Ministro participou do evento Investing in Brazil, em Moscou, que integra agenda oficial do governo brasileiro na Rússia

O Ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, participou nesta terça-feira do evento Investing in Brazil em Moscou. No encontro, promovido pelo Ministério das Relações Exteriores (MRE) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção e Investimentos (Apex-Brasil), o governo brasileiro apresentou oportunidades de negócios em vários setores da economia nacional a empresários russos. O evento faz parte da agenda oficial do presidente Michel Temer.

“O Brasil está conseguindo avançar no processo de recondução de nossos pilares econômicos, por meio de reformas necessárias para melhorar o ambiente de negócios no país”, disse Marcos Pereira na abertura do painel “Ambiente de Investimentos no Brasil”, que contou também com a participação do presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), Eduardo Eugênio Vieira.

Para o ministro, é muito importante reforçar o discurso do compromisso com essa agenda, que vai colaborar com a recuperação da economia nacional, com consequente retomada dos índices de crescimento. Marcos Pereira disse aos investidores russos que a atuação do governo é pautada pela construção de um Estado menos intervencionista, que visa “fomentar o desenvolvimento de um ambiente transparente e de confiança institucional restaurada”.

Leia mais

Maggi reforça importância da parceria com Hong Kong, principal importador de carne brasileira

Em encontro com o secretário de Alimentos e Saúde, Ko Wing-man, ministro reafirmou qualidade do produto brasileiro

Em viagem à China, onde participou no fim de semana da 7ª Reunião de Ministros da Agricultura dos BRICS (bloco formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), o ministro Blairo Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), visitou Hong Kong, região administrativa do país e principal importador de carnes do Brasil. No ano passado, o volume de negócios fechados do produto foi US$ 1,6 bilhão.

Blairo Maggi agradeceu a Ko Wing-man, secretário de Alimentos e Saúde de Hong Kong, a compreensão demonstrada no episódio da Operação Carne Fraca. “Foram muito propositivos e nos ajudaram muito naquele momento”, disse o ministro, acrescentando que a reação foi técnica e rápida por parte do governo de Hong Kong. “Queremos continuar parceiros”, afirmou o secretário.

Leia mais

Balança comercial registra superávit de US$ 1,36 bilhão na terceira semana de junho

No ano, o saldo acumulado é de US$ 32,6 bilhões

Na terceira semana de junho de 2017, a balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 1,363 bilhão, resultado de exportações no valor de US$ 3,869 bilhões e importações de US$ 2,506 bilhões.

No mês, as exportações somam US$ 10,279 bilhões e as importações, US$ 6,693 bilhões, com saldo positivo de US$ 3,585 bilhões. No ano, as exportações totalizam US$ 98,205 bilhões e as importações, US$ 65,596 bilhões, com saldo positivo de US$ 32,609 bilhões.

Leia mais

Canal Brazil Export

Outros
  • Fruit Attraction 2016
  • Viernes 17 de Octubre
  • Jueves 16 de Outubro
  • Miércoles 15 de Outubro